jusbrasil.com.br
12 de Agosto de 2022

Após tentar por 27 vezes, vendedor de água da Bahia passa em concurso.

História fascinante, não?

Silvimar Charlles, Bacharel em Direito
Publicado por Silvimar Charlles
há 8 meses

E aí pessoal! Tudo certinho? Se for útil, RECOMENDEM 👍

O vendedor de água mineral, Daniel Santos Oliveira, de 27 anos, não conteve a emoção ao saber que foi aprovado no concurso público da Polícia Militar da Bahia. A vitória veio após 27 tentativas e cerca de cinco anos de estudos intensos.

Daniel começou a vender água mineral há cerca de sete anos, quando ficou desempregado. O dinheiro conquistado com as seis horas de vendas diárias no semáforo da Avenida Artêmia Pires, no bairro do SIM, em Feira de Santana-Ba, era usado para pagar o cursinho preparatório do exame.

A rotina puxada de trabalho, cursinho e estudos em casa ainda foi marcada por tentativas frustradas: Daniel chegou a passar em Engenharia Civil, na Universidade Estadual de Feira de Santana (Uefs), mas a carga horária não deixava tempo livre para o trabalho.

"Ou eu cursava engenharia civil e passava fome ou seguia trabalhando e estudando para concurso público. Eu preferi continuar estudando para o concurso público" , afirmou.

Além disso, o estudante "bateu na trave" da convocação em sete dos 27 concursos prestados durante cinco anos. Além disso, o vendedor até foi aprovado duas vezes em concursos da PM em São Paulo, mas a nomeação não foi consolidada.

Só lá em São Paulo ele chegou a ir 14 vezes ao Batalhão para cumprir outras etapas. A cada dia ele recebia uma pulseira, e todas estão guardadas de lembrança, o símbolo da persistência.

Apenas em 2019, o jovem foi aprovado no concurso da PM da Bahia, mas ainda foi necessário esperar mais de um ano para de fato comemorar. Há cerca de uma semana, Daniel foi aprovado no teste de aptidão física (TAF) e venceu TODAS as etapas para a nomeação.

Um vídeo circula nas redes sociais com as imagens de Daniel (AQUI) quando recebeu o resultado. Ele foi gravado há uma semana e mostra a felicidade do vendedor com a conquista do sonho tão esperado.

"Praticamente todos que estudavam comigo passaram nesse concurso da Polícia Militar do estado da Bahia. Queriam ser policiais militares independentemente onde fosse o estado. Nós queríamos defender a sociedade brasileira, nem que fosse São Paulo, Minas", disse.

Para o estudante, a vitória só seria melhor se pudesse comemorar com a mãe, Alcione Almeida Santos. Aos 42 anos, a mãe de Daniel morreu, um dia depois dele saber que o concurso tinha sido homologado e ele seria chamado.

"Eu estava no hospital com minha mãe, foi o último dia que estive com ela. E era um dia que eu achei que seria o dia mais feliz da minha vida, mas infelizmente foi o dia mais triste porque eu vi a minha mãe sendo conduzida para a sala vermelha, só que infelizmente ela não resistiu ao lúpus", contou aos prantos.

Entrevista completa com Daniel AQUI 👈🏻👈🏻👈🏻

FONTE: g1.com/ba

Um forte abraço e até a próxima!!!

Outros artigos que possam interessar 👇👇👇

🔵https://silvimar.jusbrasil.com.br/artigos/547091869/concurso-publicoerealmente-uma-fila

🔵https://silvimar.jusbrasil.com.br/artigos/582632545/a-mente-humanaesua-relacao-comosucesso-inclu...

🔵https://silvimar.jusbrasil.com.br/artigos/1186074199/o-direito-ajudaarealizar-sonhosoque-flyop...

🔵https://silvimar.jusbrasil.com.br/artigos/654982646/a-ilusao-do-curso-de-direito

🔵https://silvimar.jusbrasil.com.br/artigos/663680945/o-direitoea-lei-da-atracao

Informações relacionadas

Pauta Jurídica
Notíciashá 8 meses

STF suspende julgamento que proíbe demissão de não vacinados

Daileson Miranda, Advogado
Modeloshá 8 meses

Contrato advocatício previdenciário: modelo completo (contrato de risco)

Mateus Alexandre, Advogado
Artigoshá 8 meses

Isenção do IRPF para pessoas com Visão Monocular.

Paulo Byron Oliveira Soares Neto, Estudante
Artigoshá 5 anos

Da condição, do termo e do encargo

Tribunal de Justiça do Paraná
Jurisprudênciahá 21 anos

Tribunal de Justiça do Paraná TJ-PR - Recurso de Agravo: RECAGRAV XXXXX PR Recurso de Agravo - 0168280-0

4 Comentários

Faça um comentário construtivo para esse documento.

Não use muitas letras maiúsculas, isso denota "GRITAR" ;)

Parabéns ao Daniel pela perseverança, persistência! Que seja muito feliz nessa nova profissão e quem sabe não teremos o Daniel como Delegado, ou promotor de justiça ou mesmo juiz mais adiante. Se ainda não tem, o Daniel vai fazer o curso na Faculdade de Direito. Tenho quase certeza disso. Vamos torcer e aguardar. continuar lendo

Quem desiste nuca vence! CADA passo 1 recomeço... continuar lendo

Como sempre, nosso amigo virtual Silvimar, nos trazendo textos diferenciados. Se eu não fosse mal interpretado, até mostraria pra uma de minhas filhas esse texto com essa bela estória de vida e persistência. Essa filha, cursou 5 anos (Direito) e, depois de apenas 2 tentativas e, estando mal preparada, não passando (OAB), simplesmente desistiu e nunca mais se interessou pelo assunto, preferindo exercer outra profissão, que tentar novamente. Também tive uma vida de sofrimentos, na minha juventude e, por esse motivo admiro figuras como a do jovem vendedor de água. Por ter sido da mesma profissão (PM), tenho plena certeza de que será um bom profissional e com futuro brilhante, como já bem citou o nosso bom advogado mineiro, Dr Luiz Diogo... continuar lendo

Que belo exemplo de força e superação! continuar lendo